terça-feira, 17 de outubro de 2017

Rotary promove passeio ciclístico em Campos neste domingo, dia 22

Não é novidade pra ninguém que o ciclismo é uma prática que vem tendo, a cada dia que passa, mais adeptos em Campos. E, para os amantes desse esporte, uma boa oportunidade para exercitar é o Passeio Ciclístico promovido pelo Rotary Club de Campos dos Goytacazes-Planície, que acontece no próximo domingo, 22/10, tendo como concentração a pracinha do Canhão, no Centro, a partir das 7h.

O Passeio Ciclístico também visa lembrar sobre a importância do combate à poliomielite, cujo dia mundial acontece em 24/10, mas como cairá numa terça-feira, o Rotary optou em antecipar a conscientização.

Confira abaixo mais informações sobre o evento:


terça-feira, 10 de outubro de 2017

Carrinhos de Rolimã no "1° Largadão da Tribo", no Dia da Criança


Quem viveu numa época em que os carrinhos de rolimã garantiam diversão pra toda a garotada tem uma ótima oportunidade de matar as saudades dessa brincadeira que acompanhou muitas gerações. E quem nunca viu, também terá a chance de ver o que é uma boa brincadeira.

É que para aproveitar o Dia da Criança, a ser comemorado nesta quinta-feira, 12/10, a igreja Tribo de Gade vai promover o “1° Largadão da Tribo”, que contará com brincadeiras na condução de carrinhos de rolimã.

O evento vai começar às 14h30, quando um trecho da rua João Maria, próximo ao campo do Ipiranga, será fechado até a Avenida Arthur Bernardes, no Capão, em Campos dos Goytacazes, para dar lugar aos carrinhos.

De acordo com a organização do evento, será uma boa oportunidade voltada para o relacionamento familiar por meio de brincadeiras saudáveis.

Para participar é só se inscrever na página no seguinte endereço: www.facebook.com/profile.php.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

"Bola nas costas" de Rafael Diniz


Enquanto o prefeito Rafael Diniz se esforça pra passar pra população que precisa economizar por ter encontrado uma prefeitura quebrada por sua antecessora, ao menos uma parte de sua equipe parece não ter o mesmo zelo. Nesta sexta-feira (28/09), uma diretora e uma das duas vices foram exoneradas da Escola Municipal José do Patrocínio, localizada no Conjunto Santa Maria, bairro da Penha.

Até aí, seria apenas um procedimento de troca de direção, provavelmente por conveniência de vereador que indicou dois diretores e agora decidiu que não os quer mais ocupando os cargos para os quais havia indicado no início do ano. Coisa comum na política, não só Goytacá, porque o mecanismo do toma-lá-dá-cá é o mesmo em todos os cantos do país e isso se tornou lugar comum.

No entanto, o que não se entende é o critério adotado, tomando por base que a administração atual fala aos quatro cantos que está quebrada, trocar duas DAS concursadas, ou seja, que recebiam a metade do valor da gratificação, por dois não concursados, ganhando o valor normal da gratificação, ou seja, o dobro do que ganhavam as que foram exoneradas.

Das duas uma: ou Rafael Diniz está mentindo para a população quando diz que a prefeitura não tem dinheiro, o que parece não ser seu estilo, ou está levando "bola nas costas" de uma parte da equipe que, nesse caso, está onerando mais a folha de pagamento, numa prefeitura dita quebrada.

Em tempo: inconformada, a comunidade local já estaria se mobilizando para tentar sensibilizar o prefeito para reverter a situação.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Mostra de Fanzines na inauguração da 1ª Fanzinoteca do Estado do Rio, no IFF Macaé


A I Mostra de Fanzines, que marcará a inauguração da 1ª Fanzinoteca do Estado do Rio, já está com inscrições abertas. De acordo com a organização do evento, no momento há uma convocatória para expositor que dará direito a uma mesa para troca e venda publicações independentes e fanzines no dia do evento, que vai ser sediado no Instituto Federal Fluminense Campus Macaé.

Tudo porque a Fanzinoteca IFF Macaé está prestes a ser inaugurada, com o propósito de preservar a memória gráfica/editorial independente, estimular a produção autoral contra-hegemônica e fortalecer a cultura do zine junto às novas gerações.


Para quem não sabe, o fanzine (do inglês fanatic+magazine) é uma revista artesanal amadora, feita de forma individual ou coletiva e que se constitui numa mídia contra-hegemônica que permite ao (s) autor (es) total domínio sobre conteúdo, formato, público e meio de distribuição. Surgiu nos anos de 1930 e, portanto, trata-se de uma espécie de rede social pre-internet, que integrava pessoas por meio de mídia tátil e produzida por meio de sistemas compositivos e processos de impressão acessíveis e de baixo custo, tal como a fotocópia. “Se você pensa que por isso o zine é coisa do passado, está enganado. O zine impresso ainda é muito apreciado e circula pelos Correios e em eventos pelo mundo todo. No Brasil, o fanzine, ou ‘zine’ surgiu nos anos de 1960 e, desde então, vem movimentando e integrando pessoas e fazendo circular ideias, processos criativos e servindo de suporte para o cenário cultural independente. Uma das mais novas vertentes na área de produção fanzineira é sua presença nas instituições de ensino”, informa a assessoria do evento.


Segundo o designer gráfico e cartunista Alberto de Souza, o Beralto, o fanzine tem sido utilizado no Instituto Federal Fluminense Campus Macaé como um mecanismo de estímulo aos talentos individuais, à produção autoral e também como ferramenta no ensino e aprendizagem, podendo servir tanto como suporte para produção textual como ser usado também como processo avaliativo nas escolas. O projeto IFanzine, coordenado pelo Beralto edita os fanzine PEIBÊ, que ganhou em 2016 um troféu nacional, o Ângelo Agostini, na categoria melhor fanzine de quadrinhos.

O projeto de fanzines do IFF Macaé, após quatro anos de atuação está concretizando um objetivo alentado há tempo – o de ocupar um espaço físico para montagem e preservação de acervo de fanzines, obtidos à base de troca pelo projeto. “As Fanzinotecas, embora sejam poucas que existam fisicamente, são uma instituição internacional, sendo a primeira no mundo a Fanzinothèque de Poitiers, na França. A fanzinoteca que ora será inaugurada no IFF Macaé, será a segunda fanzinoteca física do país, sendo a primeira, a Fanzinoteca Mutação em Rio Grande, RS”, informou Beralto.

Para marcar a inauguração deste espaço dedicado às produções fanzineira e publicações independentes, que acontecerá em 11 de outubro, a partir das 14h, no IFF Macaé, abriu-se uma convocatória aberta para mostra e exposição de fanzines e artistas. Fanzineiros que queiram participar do evento poderão fazê-lo nas duas modalidades de colaboração:
Enviando um ou mais exemplares impressos do (s) Zine (s) que serão expostos no dia da mostra e, posteriormente, integrado (s) ao acervo permanente da Fanzinoteca IFF Macaé.O prazo limite para envio das publicações: 30 de setembro.

Já na segunda modalidade, a pessoa ou coletivo se inscreve mediante o preenchimento de um formulário e terá direito a uma cadeira e mesa para expor/trocar/vender sua publicação (sob sua inteira responsabilidade) no dia 11 de outubro de 14 às 18h no Instituto Federal Fluminense Campus Macaé.

Acesse o formulário de inscrição aqui

(com assessoria)

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Conselho Tutelar CT-I tem novo endereço em Guarus, Campos


O núcleo do Conselho Tutelar CT-1, em Campos dos Goytacazes, já está funcionando em novo endereço: Avenida Carlos Alberto Chebabe, número 634, Guarus, de 8h às 18h, além dos plantões noturnos.

A mudança de sede foi reivindicação dos conselheiros que atuam no núcleo, uma vez que vai permitir melhorar ainda mais o atendimento às pessoas que procuram os serviços do órgão.

O núcleo C-1 pode ser acionado pessoalmente ou pelo telefone (22) 98829-4368 e os e-mails: tutelarg1@gmail.com e conselhotutelarcampos@gmail.com (geral), para fazer qualquer denúncia sobre desrespeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Confira abaixo a área de abrangência do CT-I em Guarus:

Nova Canaã, Fundão, Lagoa das Pedras, Parque Aldeia, Aldeia II, Parque Boa Vista I, Parque Boa Vista II, Parque Cidade Luz, Parque Guarus, Parque Lebret, Parque Santa Helena, Parque São José, Parque São Mateus, Parque Vera Cruz, Parque Santos Dumont, Sapucaia Três Vendas, Parque Bonsucesso, Parque Visconde de Ururaí, Parque Maracanã, Parque Niterói, Parque Pomares, Vila Nova, Cobra Velha, Conselheiro Josino, Espirito Santinho, Faísca, Giro Faísca, Guandu, Km 8, Km 9, Km 10, Km 11, Km 12, Km 13, Km 14, Km 15, Matutu Morro do Côco, Murudum, Palmares, Ribeiro Amaro, Boa Vista, Santa Maria, Santo Eduardo, Chave do Paraíso, Mata da Cruz, Mutuca.

sábado, 19 de agosto de 2017

Fuligem como cartão de visitas


Quem mora em Campos dos Goytacazes sabe exatamente quando a moagem já está em pleno vapor, porque incorpora à decoração da casa, a contragosto, a fuligem que emporcalha quintais e interiores, funcionando como um cartão de visitas às avessas.

O município já teve mais de 20 usinas sucroalcooleiras e, agora, se chegar a duas ou três operando será muito.

Só o estrago da fuligem continua o mesmo e há quem duvide que as queimadas serão extintas em 2025, como acordado com o MPE há alguns anos.

Quem viver, verá. Ou não.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Darcy Ribeiro em seminário pelos 24 anos da Uenf

O idealizador da Universidade Estadual do Norte Fluminense, Darcy Ribeiro, que também dá nome à instituição, será tema de um seminário a ser realizado no próximo dia 16 de agosto, no Centro de Convenções Oscar Niemeyr.

O evento faz parte das comemorações dos 24 anos da Uenf.

Confira abaixo os detalhes do seminário:


sexta-feira, 28 de julho de 2017

Projeto Banho de Vida acontece neste sábado, em Rio das Ostras


Agência Missionária Ação Resgate atende moradores em situação de rua com cortes de cabelo e barba, além de doação de roupas e lanche

Um projeto sem fins lucrativos, que acontece há cerca de um ano na cidade de Rio das Ostras e atualmente já é realizado em mais três municípios, sendo Campos, Cabo Frio e Macaé. Assim é o Banho da Vida, do Projeto da AMAR - Agência Missionária Ação Resgate.

A ação, que tem o objetivo de atender moradores em situação de rua, acontece uma vez por mês, com cortes de cabelo e barba, doação de roupas e lanches. Os assistidos recebem um kit de banho, com toalha, xampu, condicionador, sabonete, creme dental e escova.

O próximo Banho da Vida ocorre neste sábado, dia 29, a partir das 14h, na Concha Acústica da Praça São Pedro, no Centro de Rio das Ostras. O projeto é realizado por meio de uma carretinha móvel, com dois chuveiros, sendo um masculino e o outro feminino, para a realização dos banhos, que, no inverno, tem água quente. Também existem lavatórios na área externa para higiene bucal.


Segundo os coordenadores do projeto, o objetivo principal dos voluntários é promover a autoestima e a reinserção das pessoas em situação de rua, às suas famílias. “Estamos seguindo os preceitos cristãos de servir ao próximo e, através da pregação da Palavra de Deus, buscando conversões de fé em Jesus Cristo, para que eles tenham uma vida digna e com mais paz”, disse uma voluntária.

Toda mobilização e ações do projeto são desenvolvidas por voluntários. Para isto, o Banho da Vida necessita de doações de produtos de higiene pessoal, roupas e calçados. Mais informações pelo telefone (22) 99883-0367.

(com assessoria)

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Seminário “Volta, Monitor!” começa nesta terça, no Uniflu


Começa nesta terça-feira, 22 de julho, o seminário “Volta, Monitor!”, como parte de atividade acadêmica de abertura do Semestre Letivo 2017 do curso de Jornalismo do Centro Universitário Fluminense (Uniflu), em Campos.

O evento, que tem como objetivo reforçar a campanha visando a reabertura do jornal Monitor Campista, que encerrou suas atividades no dia 15 de novembro de 2009, por decisão do Grupo Diários Associados.

Estarão presentes ao seminário, representantes de ex-funcionários do jornal, que contarão histórias da redação, da Associação de Imprensa Campista (AIC) e do Arquivo Público Municipal, que também organiza uma exposição a ser realizada em novembro deste ano, contando com o acervo do Monitor Campista, documentário e o lançamento de uma edição especial.

O seminário acontecerá na terça, quarta, quinta e sexta-feira, entre 19h e 21h, no auditório do Uniflu, no centro de Campos, aberto a toda comunidade.

Confira abaixo a programação:
  
25 de Julho - Terça-feira - 19h às 21h
Histórias de redação - Ex-funcionários contam suas experiências no jornal
Expositores: Hélvio Cordeiro, Mariane Pessanha e Jô Siqueira.
Moderação: Liliane Barreto.

26 de Julho - Quarta-feira - 19h às 21h
Importância patrimonial e situação do acervo do Monitor Campista
Expositores: Rafaela Machado, Francisco Antônio Alves e Eugênio Soares
Moderação: Larissa Manhães.

27 de Julho - Quinta-feira - 19h às 21h
Como fazer o Monitor Campista voltar a circular - I
Expositores: Inês Ururay (Uniflu), Vitor Menezes (AIC), Paulo Roberto Rangel (PMCG) e Cilênio Tavares(ex-funcionário)
Moderação: Jacqueline Deolindo.

28 de Julho - Sexta-feira - 19h às 21h
Como fazer o Monitor Campista voltar a circular - II
Grupo de trabalho para sistematização das propostas apresentadas na noite anterior e aprovação de documento com resolução do seminário, com participantes de todas as mesas e demais interessados. Moderação: Jacqueline Deolindo.

Realização: Uniflu


Fonte: assessoria.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Uniflu promove seminário "Volta, Monitor!"

O curso de Comunicação Social do Uniflu vai promover um seminário para discutir o retorno do jornal Monitor Campista, que encerrou suas atividades em 15 de novembro de 2009.
Confira abaixo a programação:

Atividade acadêmica de abertura do Semestre Letivo 2017.2 no Curso de Jornalismo do Uniflu

Aberto à comunidade

Programação:

25 de Julho - Terça-feira - 19h às 21h
Histórias de redação - Ex-funcionários contam suas experiências no jornal
Expositores: Hélvio Cordeiro, Mariane Pessanha e Jô Siqueira.
Moderação: Liliane Barreto.

26 de Julho - Quarta-feira - 19h às 21h
Importância patrimonial e situação do acervo do Monitor Campista
Expositores: Rafaela Machado, Francisco Antônio Alves e Eugênio Soares
Moderação: Larissa Manhães.

27 de Julho - Quinta-feira - 19h às 21h
Como fazer o Monitor Campista voltar a circular - I
Expositores: Inês Ururay (Uniflu), Vitor Menezes (AIC), Paulo Roberto Rangel (PMCG) e Cilênio Tavares(ex-funcionário)
Moderação: Jacqueline Deolindo.

28 de Julho - Sexta-feira - 19h às 21h
Como fazer o Monitor Campista voltar a circular - II
Grupo de trabalho para sistematização das propostas apresentadas na noite anterior e aprovação de documento com resolução do seminário, com participantes de todas as mesas e demais interessados. Moderação: Jacqueline Deolindo.

Realização: Uniflu

Fonte: assessoria.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Pezão e a sangria da UENF


O que o governo Pezão está fazendo com a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) é um crime que terá consequências desastrosas para o futuro da instituição, não bastassem as dificuldades do momento, que beiram à irresponsabilidade.

A UENF foi criada há mais de 22 anos, idealizada por Darcy Ribeiro após uma luta comovente de vários segmentos da sociedade campista, com a proposta de servir de ponte para o desenvolvimento regional, entre outras atribuições que vem dando à ciência do país, de um modo geral. Tanto que há anos tem conquistado posição de destaque como a melhor universidade do Estado do Rio de Janeiro.

A dívida de R$ 65 milhões que o governo Pezão tem com a universidade mostra o claro desprezo e desrespeito com a educação, o que não é só o caso da instituição, mas com toda a área educacional em território fluminense. Isso sem falar no atraso do pagamento aos servidores, de um modo geral, o que compromete, além do orçamento doméstico dos mesmos, também os demais segmentos da economia, como comércio e serviços, por exemplo.

Estive na Uenf por um período de pouco mais de dois anos e vejo com muita tristeza e indignação o que está acontecendo neste momento com a Universidade do Terceiro Milênio, com suas atividades praticamente paralisadas - UERJ e UEZO estão na mesma situação.

Em tempo: seria bom que o governador viesse à público dar explicação sobre o destino da arrecadação estadual, uma vez que os contribuintes continuam pagando seus impostos.

Agora mesmo, mais um ônus, a taxa de incêndio, criada para bancar os serviços do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio, mas que se sabe que vai mesmo para um caixa único, ou seja, pode ser destinada para qualquer área que não seja ao objetivo para a qual foi criada.

(foto: Paulo Damasceno)

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Movimento Volta Monitor Campista avança em busca de parcerias


O movimento Volta Monitor Campista realizou, nesta sexta-feira (09/06) à tarde, no Arquivo Público Municipal Waldir Pinto de Carvalho, a segunda reunião de trabalho cujo objetivo é promover uma grande exposição a ser inaugurada no dia 15 de novembro deste ano, quando o jornal completa 8 anos de encerramento das atividades. Paralelamente, haverá uma edição especial impressa do jornal, bem como um documentário com o depoimento de ex-funcionários e colaboradores. A ideia é utilizar o movimento como iniciativa pela reabertura do jornal.

Durante a reunião, ficaram definidas algumas ações que serão desencadeadas nos próximos dias, como a busca de parcerias para custear o projeto Volta Monitor Campista, junto à Câmara de Vereadores – que foi responsável pelo retorno do acervo do jornal, hoje abrigado no Arquivo Público Municipal –, Uniflu e entidades que queiram participar das atividades.

Na próxima semana, representantes do Arquivo Municipal vão se reunir na Associação de Imprensa Campista (AIC) para se inteirar do material que possa ser disponibilizado para contribuir com a exposição, utilizando parte do que foi exposto durante evento realizado por ocasião do retorno do acervo ao município.

Um outro grupo está realizando levantamento do custo para garantir a edição especial impressa e buscar parceria para o documentário. Além disso, uma comissão vai solicitar audiência com o presidente da Câmara de Vereadores de Campos, Marcão Gomes, nos próximos dias, também em busca de apoio do Legislativo ao movimento.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Bazar beneficente de igreja em Vivendas do Coqueiro neste sábado


A Igreja Batista em Vivendas do Coqueiro (IBVC) promove, neste sábado, dia 10/06, um bazar beneficente, na Avenida Newton Guaraná, n° 16, no bairro de mesmo nome, a partir das 9h.

Inicialmente o bazar funcionará todos os sábados até o dia 25 de julho, quando será inaugurado oficialmente, passando a atender nos dias úteis.

O objetivo do bazar é arrecadar recursos para ajudar a equipar a igreja com cadeiras, som e outros equipamentos necessários às suas atividades.

(com assessoria)

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Apertando demais a porca


No Brasil, a indústria das multas continua a prosperar, com a criação de leis que objetivam garfar mais dinheiro dos contribuintes, como é o caso da que estabelece que todos os veículos trafeguem com os faróis acesos mesmo durante o dia nas rodovias.

Esse procedimento é usado em países que costumam ter um clima propício à redução de visibilidade durante o dia, como na Europa, por exemplo, mas daí a aplicar num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, como bem diz a música de Jorge Ben Jor, chega a ser um acinte.

Em pleno sol de meio-dia, sem qualquer dificuldade de visibilidade, os carros são obrigados a trafegar de faróis acesos por uma lei que mina ainda mais a paciência e o bolso dos cidadãos, cansados que estão, de tantos impostos a que são obrigados a bancar. Isso sem falar que os equipamentos, por serem usados com maior frequência, também farão a festa da indústria de faróis e outras peças necessárias ao seu uso.

Nenhuma estatística apontando que o número diminuiu por causa de faróis acesos, nenhum estudo mais aprofundado, apenas a vontade de arrecadar mais dos trouxas que nos transformamos para sustentar um sistema falido que favorece uma minoria que faz o que bem entende quando está no topo do poder.

Em tempo: a experiência comprova que quando o parafuso é apertado demais, isola a rosca. Estamos a um passo de isso acontecer.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Seminário Gente que é Nome de Arquivo acontece em junho

O professor Eugenio Soares, da UFF, e a escritora Walnize Carvalho ministram o seminário Gente que é Nome de Arquivo: Waldir Pinto de Carvalho, no próximo dia 08 de junho, no Arquivo Municipal que tem o nome do escritor campista.

O Arquivo Municipal Waldir Pinto de Carvalho fica localizado no Solar do Colégio, na estrada que liga Goitacazes a Tócos, na Baixada Campista.

Confira mais detalhes abaixo:

terça-feira, 30 de maio de 2017

Limpeza de canal em Barra do Furado


Parceria entre as prefeituras de Campos dos Goytacazes e Quissamã, com a Secretaria Estadual do Ambiente (SEA), permitiu o início da limpeza do canal em Barra do Furado, atendendo reivindicação dos pescadores que estavam enfrentando dificuldades para entrar e sair do mar com suas embarcações.


Recentemente, os pescadores chegaram a fazer uma manifestação solicitando que a limpeza fosse realizada.



(com assessoria)

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Movimento Volta Monitor Campista


O Monitor Campista vive. O jornal que encerrou as atividades em 15 de novembro de 2009, quando era o terceiro mais antigo em circulação no Brasil e quinto da América do Sul, ganha um movimento, em Campos, que objetiva sua reativação. Uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira, no Arquivo Público Municipal Waldir Pinto de Carvalho, com representantes do poder público, AIC, pesquisadores e ex-funcionários do jornal, iniciou as discussões para viabilizar seu retorno à circulação.


Na reunião, ficou definido que o primeiro passo concreto será a realização, em novembro, de uma exposição com material do Monitor Campista no próprio Arquivo Municipal, responsável pelo acervo riquíssimo para a história de Campos dos Goitacazes. Paralelamente, os ex-funcionários e colaboradores vão desenvolver uma edição especial para marcar o que esperam que seja um marco para o retorno do jornal que encerrou as atividades quando ainda pertencia ao Diários Associados.


Além da exposição, também será articulado um documentário com depoimentos de ex-funcionários do Monitor Campista, colaboradores e representantes da sociedade civil organizada falando sobre a importância do jornal não só para a história do município mas também como importante meio de comunicação devido à conduta imparcial enquanto permaneceu em atividade.


A reunião também definiu por buscar parceria com a Câmara de Vereadores de Campos, por meio do presidente, Marcão Gomes, e o apoio da prefeitura. Inicialmente pensa-se em reativar o Monitor como um jornal-escola, mas isso ainda será objeto de definição posteriormente, à proporção que as discussões avancem.
Para a edição especial, uma equipe formada por ex-funcionários e colaboradores vai iniciar os trabalhos realizando reuniões na AIC.

Exposição – A data para a realização da exposição no Arquivo Público Municipal foi definida para novembro em comum acordo com os presentes. Rafaela Machado explicou que a ideia é fazer um trabalho que possa por à mostra uma parte do importante acervo histórico do jornal, que hoje se encontra sob a responsabilidade do poder público municipal. Em princípio, a exposição também será realizada no Museu Histórico de Campos, que fica na Praça São Salvador.

Participaram da reunião, as historiadoras Rafaela Machado e Larissa Manhães, a restauradora Gabriela Pimentel, os pesquisadores Genilson Fernandes, Vilmar Rangel e Noara Arraiol, o presidente da Associação de Imprensa Campista (AIC), Vitor Menezes, além dos ex-funcionários do Monitor, Cilênio Tavares, Hélvio Cordeiro e Izael Barroso. A próxima reunião foi agendada para o próximo dia 09 de junho, às 15h, no Arquivo Municipal. 




segunda-feira, 22 de maio de 2017

AIC divulga programação da 27ª Semana da Imprensa

A Associação de Imprensa Campista (AIC) divulgou, nesta segunda-feira, a programação de sua 27ª Semana da Imprensa.

Confira abaixo a programação completa:




quinta-feira, 20 de abril de 2017

Só perdas


O que está em discussão no Congresso Nacional, seja em relação à reforma trabalhista, seja na Previdência Social são mudanças que vão retirar direitos dos brasileiros, sobretudo da camada mais prejudicada da sociedade pela absoluta falta de distribuição de renda.

E a estratégia do governo é simples: apresentou um projeto com o máximo de mudanças possíveis, permitindo que agora, na reta final para discutir as duas aberrações, pudesse "ceder" e negociar alguns pontos.

No fundo, apresentaram mais para aprovarem o que queriam desde o início e os representantes dos que serão duramente prejudicados para atender os bancos e a classe empresarial mais abastada, vão sair do processo com a ilusão de que conseguiram evitar mais perdas.

O resultado vai ser mais concentração de renda e empobrecimento da população, situação motivada por uma crise fabricada e que não tem fim. Propositalmente.


terça-feira, 11 de abril de 2017

Feira do Peixe de quarta a sexta, em Campos


Aproveitando a Semana Santa, quando o consumo de pescado aumenta consideravelmente, 23 feirantes de Campos estarão participando da 11ª edição da Feira do Peixe, que acontece entre esta quarta-feira (12) e sexta-feira (14).

A feira está sendo promovida pela Superintendência de Pesca da Prefeitura de Campos, montada na Rua das Palmeiras, com bancas funcionando entre 7h e 12h.

A ideia é oferecer, aos consumidores, pescados a preços mais acessíveis.

Espetáculo de fé


Um espetáculo de fé que emocionou as centenas de pessoas que se aglomerara em frente à Igreja Nossa Senhora da Penha, no bairro da Penha, em Campos, no último domingo (09/04) para assistir à 31ª edição da encenação da Paixão de Cristo.


O evento foi organizado e encenado pelo Grupo de Teatro Sacro Santa Maria, da Igreja São Pedro, do bairro Bela Vista, após a realização de Procissão que percorreu as ruas dos dois bairros e Missa Campal celebrada pelo padre Crécio, na Penha.


Os participantes da peça são membros da própria comunidade, como acontece desde o início das apresentações. Ao todo, são 52 componentes, que confeccionam suas próprias roupas, com o apoio da comunidade Católica.


Este ano haverá reapresentação do espetáculo, em Dores de Macabu, no próximo dia 16/04, no rincão ao lado da igreja Matriz, após a missa de 18h,




(fotos: divulgação)

domingo, 9 de abril de 2017

Segunda Cavalgada do Jockey

Domingo de manhã é dia da segunda Cavalgada do Jockey, em Campos dos Goytacazes.
No flagrante das fotos, o momento em que cavaleiros e amazonas cruzavam o prolongamento da Saldanha Marinho.




terça-feira, 4 de abril de 2017

Fazenda disponibiliza link para impressão online do IPTU 2017


A Secretaria Municipal de Fazenda da Prefeitura de Campos decidiu disponibilizar um link para impressão online do IPTU 2017.

A ideia é agilizar o processo.

Confira os detalhes.

Evento em benefício do Asilo do Carmo

O projeto Alegria em Ação promove, no próximo domingo, várias atividades visando angariar donativos para o Asilo Nossa Senhora do Carmo, que assiste a idosos.

O evento acontece a partir das 9h, na pracinha do Conjunto Santa Maria, ao lado do bairro da Penha.

Haverá show, aferição de pressão arterial, entre outras atividades, inclusive para crianças.

Confira toda a programação abaixo:


segunda-feira, 3 de abril de 2017

Encenação da Paixão de Cristo na Penha e Dores de Macabu


A tradicional encenação da Ressurreição de Cristo, que acontece há 31 anos e é organizada pelo Grupo de Teatro Sacro Santa Maria, da Igreja São Pedro, do Parque Bela Vista, em Campos, será encenada no próximo domingo, dia 09/04, a partir das 19h30, em frente à igreja Nossa Senhora da Penha, no bairro da Penha.

O evento será antecedido de procissão, que terá concentração em frente à Igreja São Pedro, às 16h30, e missa campal a ser celebrada pelo padre Crécio, na Igreja da Penha.

A peça é coordenada e montada por 8 integrantes do grupo e contará com 52 componentes da comunidade Católica.

Este ano haverá reapresentação na localidade de Dores de Macabu, também às 19h30.



sexta-feira, 31 de março de 2017

E a Ponte da Integração?


A Ponte da Integração, que está sendo construída sobre o rio Paraíba do Sul para ligar os municípios de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, continua suscitando dúvidas aos moradores não só das duas cidades, como da região.

O projeto é de responsabilidade do DER, do governo estadual, e já deveria ter sido concluída se o prazo inicial fosse cumprido, ano passado.


Acontece que com a crise sem fundo do governo Pezão, agora já não se tem ideia de quando a estrutura, que já está com boa parte consolidada, será concluída de fato.

O receio da população é de que ela tenha o mesmo destino da outra estrutura que ficou pela metade e que foi abandonada há mais de 30 anos.

Com a palavra, o DER.

(fotos: blogs do Paulo Noel Junior e Roberto Moraes)

terça-feira, 28 de março de 2017

De vila à cidade nas páginas do Monitor Campista


Há 182 anos, a Vila de São Salvador era elevada à condição de cidade, a Campos dos Goytacazes.

O Monitor Campista, fundado um ano antes, deu a notícia. Assim como tantas outras importantes que aconteceram na cidade, no país e no mundo, como as primeira e segunda Guerras Mundiais, suicídio de Getúlio Vargas, Golpe Militar de 1964, Diretas Já, e por aí vai.

O jornal, como é sabido da população campista, foi fechado quando tinha 175 anos de circulação – até então, era o terceiro mais antigo em circulação do país e quinto da América do Sul – pelo Grupo Diários Associados Assis Chateaubriand, em 15 de novembro de 2009, pela absoluta falta de interesse em sua manutenção, mesmo com as finanças em azul.


segunda-feira, 27 de março de 2017

Sindicato faz campanha por cestas básicas para servidores da Uenf


A Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), um sonho que se tornou realidade para a população da região há mais de 20 anos, infelizmente está enfrentando o seu pior momento, numa situação provocada pelo atraso, por parte do governo Pezão, dos pagamentos tanto aos seus servidores como à própria instituição, para garantir a manutenção das atividades.

Agora, o Sintuperj, que é o sindicato que defende parte da categoria, está fazendo uma campanha para ajudar os funcionários técnico-administrativos, solicitando a doação de cestas básicas.

Confira abaixo a nota emitida pelo Sintuperj:

"O Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Públicas do Estado do Rio de Janeiro (Sintuperj-UENF) vem a público solicitar doações de cestas básicas para os funcionários técnico-administrativos, por ele representados.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro não tem cumprido com o pagamento dos salários. O salário referente ao mês de fevereiro/2017, assim como o 13º referente a 2016, ainda não foram pagos, deixando os servidores sem condições de honrar seus compromissos financeiros e alimentar suas famílias.

A delegacia do Sintuperj-UENF está localizada no 2º andar do Prédio da Reitoria da UENF. Telefones: (22) 2739-7245 / (22)  999484533 / (21) 971496771".

A que ponto chegou o Estado do Rio de Janeiro.

(foto: Paulo Damasceno)

Peça infantil nesta terça, na Uenf, com entrada franca

A criançada tem um bom programa para esta terça-feira, 28/03, no Centro de Convenções Oscar Niemeyer, na Uenf, em Campos, com a apresentação da peça "É de pequenino que se torce o pepino".

O espetáculo começa às 10h30 e tem entrada franca.

Confira no cartaz abaixo:



sábado, 25 de março de 2017

Tentativa de assalto danifica telhado da AIC

A Associação de Imprensa Campista (AIC) foi alvo de uma tentativa de assalto. Ladrões chegaram a danificar o telhado do prédio da entidade.

Confira no link abaixo, masis informações:

http://associacaodeimprensa.blogspot.com.br/2017/03/telhado-da-aic-e-danificado-em.html?m=1

A ação mostra mais uma vez a insegurança na área central.

Na última quarta-feira, o blog noticiou assalto a um adolescente dentro do Jardim, em plena luz do dia.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Sem Correios


Moradores do bairro da Penha, em Campos, sofrem com a prestação irregular dos Correios já faz mais de um mês e reclamam de não estarem recebendo correspondências.

Alguns afirmam inclusive ter conhecimento de que outro bairro, no caso, o Jóquei Clube, também sofre com o mesmo problema.

Nessa quinta-feira, um dos moradores procurou o posto que funciona na Avenida Sete de Setembro, esquina com a Rua Marechal Floriano, no Centro, mas desistiu de reclamar depois de ver a fila de espera.

A empresa já foi sinônimo de eficiência e era super respeitada pela população, mas parece que quanto mas o tempo passa a situação dos Correios piora.

E, agora, anuncia que vai incentivar demissão de funcionários.

Se com o contingente atual está assim, o que não acontecerá depois que reduzir o pessoal.

Se a ideia é sucatear para justificar a privatização, o governo federal está no caminho certo.

E a população que se vire.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Insegurança no Jardim São Benedito



O Jardim São Benedito, que num período não muito distante era frequentado pelos campistas como opção de lazer e tranquilidade, já não é mais o mesmo.

Nesta quinta-feira (23), em plena luz do dia, um casal de adolescentes foi abordado por outro adolescente, armado, que levou o celular de um deles, depois de agredir o menino de 13 anos.

Durante a ação, por volta das 16h, o bandido ainda agrediu uma das vítimas com uma coronhada na cabeça, acobertado por um outro comparsa, que aguardava, de bicicleta, a uma certa distância.

Os dois fugiram sem serem importunados. À vítima só restou mesmo o prejuízo e fazer o registro do Boletim de Ocorrência via online, por conta da greve da Polícia Civil, e bloquear os chips do agora seu ex-celular.

Bom lembrar que o Jardim São Benedito é um próprio municipal e deveria contar com maior presença da Guarda Civil em seu espaço.

E que a área fica a pouco mais de 200 metros do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Campos.

Prazo Final de inscrições para o Curso Técnico em Segurança do Trabalho do IFFluminense

 As inscrições para o Processo Seletivo de ingresso no Curso Técnico Concomitante em Segurança do Trabalho, na modalidade a distância, do Instituto Federal Fluminense, terminam nesta
 sexta-feira, 24 de março de 2017, às 17h.
 Todas as informações sobre a seleção estão disponíveis no Edital N.° 33, de 08 de março de 2017, (Retificado pelo Edital N.º 37/2017)em www.selecoes.iff.edu.br.
 Estão sendo ofertadas 610 vagas, distribuídas entre os polos de Ensino a Distância (EaD) do IFF Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Cabo Frio, Centro de Referência, Itaperuna, Maricá, Quissamã, Santo Antônio de Pádua e São João da Barra.
 As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas, exclusivamente, pela internet, por meio do endereço eletrônico www.selecoes.iff.edu.br, até o dia 24 de março de 2017.
 Podem participar do Processo Seletivo, aqueles que tenham concluído o Ensino Médio ou que estejam cursando, em 2017, no mínimo, o 3.º ano do Ensino Médio ou de curso equivalente em cursos regulares ou na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA).
 Os candidatos classificados nesta seleção não poderão ocupar qualquer outra vaga gratuita em curso técnico de nível médio ou em curso de graduação, seja em instituição pública ou por meio de programas financiados pela União. Neste caso, deverá ser feita a opção por um dos cursos.
 A seleção será realizada em apenas uma etapa, mediante avaliação curricular do Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. O resultado final será divulgado no dia 27 de março e a aula inaugural do curso será realizada no dia 03 de abril de 2017.
 O candidato que apresentar dúvidas relacionadas ao Processo Seletivo poderá entrar em contato com a EaD pelo telefone (22) 27375642 ou enviar e-mail para secretaria.cead@iff.edu.br, informando o nome completo e número do CPF.

(com assessoria)